Páginas

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O Azeite é o melhor óleo para a saúde

O azeite é o oleo vegetal extraido das azeitonas.
O azeite é considerado o melhor óleo para a nossa
saúde, porque contem gorduras monoinsaturadas, que reduzem o LDL (mau colesterol) no nosso sangue.
O azeite previne tambem a formaçao de radicais livres, por ser rico em polifenóis. Radicais livres sao nocivos á saúde pois sao responsáveis pelo envelhecimento e doenças degenerativas como o cancro.
Os povos das regioes mediterranicas tem uma vida mais saudável com baixo nível de enfarte e cancro, porque sao os maiores consumidores de azeite e de outras substancias de uma dieta saudável, como peixe e verduras.
Os países mediterranicos sao os maiores produtores de azeite.

Portugal é o país com o melhor azeite na Europa, porque é o país que tem a maior quantidade de horas de sol durante o ano, e o sol é bom para o amadurecimento das azeitonas.

domingo, 7 de agosto de 2011

O bacalhau faz bem á saúde!














O bacalhau faz melhor
 à saúde do que o bife!
Por Manuel Luciano da Silva, Médico





Porque é que o bacalhau faz melhor à saúde do que a carne vermelha, como o bife ou carne de porco?



Porque o bacalhau tem magníficas qualidades alimentícias!



(1) Tem poucas calorias visto não ter açúcar nenhum.  É óptimo 
      para os diabéticos.
(2) Tem tantas proteínas como o bife. É óptimo para o 
      crescimento.
(3) É um peixe gorduroso, mas a sua gordura é composta pelo 
     ácido linoleico e ômega três, que fazem baixar o colesterol.
(4) É muito rico em cálcio para evitar a osteoporose.
(5) É muito rico em fósforo, necessário para o bom 
     funcionamento do nosso cérebro.
(6) É pobre em ferro, evitando os ataques do coração.
(7) Tem uma quantidade de sal semelhante ao do nosso sangue.
(8) É muito rico em potássio, elemento muito necessário para a 
     contração saudável dos músculos e do coração.
(9) É muito rico em iodo absolutamente necessário para o bom 
     funcionamento da nossa glândula tiróide.
(10) É muito rico em flúor necessário para evitar  cavidades 
      dentárias.
(11) É muito rico em vitaminas. A, D e Complexo B.  Porquê? 
       Porque o bacalhau alimenta-se do plânkton.

E o que é o plânkton?
É uma palavra grega que quer dizer "vida que flutua". Plânkton é um conjunto, um lençol flutuante, composto de seres orgânicos na maior parte microscópicos que flutuam nas águas doces e salgadas. Fitoplânkton se é vegetal -> algas; zooplankton se é animal -> crustáceos e protozoas. 
A exposição do plânkton ao sol origina a concentração de vitaminas devido ao fenómeno da fotossíntese. Assim o plânkton torna-se um verdadeiro petisco para os cardumes de peixe. Quando navegamos no mar podemos observar a fluorescência da água devido à reflexão da luz nos seres vivos que compõem o plânkton.

(12) Quem é que  ainda não ouviu falar  do óleo de fígado de 
       bacalhau como fortificante?
(13) Pelas suas qualidades  excelentes vitamínicas  o bacalhau é  
       um óptimo anti-oxidante para evitar o envelhecimento!
(14) Não sabemos ainda se o bacalhau faz baixar a homocistina 
      que causa ataques do coração quando está elevada no nosso 
      sangue.



Devemos analisar ainda outro dado importantíssimo do bacalhau que é a sua composição em ácidos essenciais linoleico e ômega 3.



Quais são os efeitos destes ácidos na nossa saúde?

(15)   Diminuem o colesterol mau no nosso sangue;
     (16)   Aumentam o HDL ou seja o colesterol bom;
(17)   Diminuem os triglicerídeos (gorduras más);
      (18)   Aumentam a capacidade de exercício;  Evitam  a agregação 
               das plaquetas, portanto diminuindo os ataques cardíacos e 
               as embolias cerebrais ou "strokes".
(19)  Suprimem  a divisão das células cancerosas.



O bacalhau e o ovo de galinha
Durante muitos anos a Medicina considerou o ovo de galinha o alimento mais completo. Actualmente,  devido ao elevado grau  de colesterol que os ovos possuem,   o bacalhau é muito superior para a nossa saúde pelas suas qualidades  excelentes acima apontadas.
O bacalhau faz DESCER o colesterol mau, enquanto a carne de bife e de porco só fazem SUBIR  o colesterol mau no nosso sangue,  contribuindo assim para o desenvolvimento da arteriosclerose nas nossas artérias especialmente do coração e do cérebro.

Viva o bacalhau!   Viva o  nosso Fiel Amigo!


Publicado originalmente no site da Academia do Bacalhau de Nova Inglaterra. Publicado no blog da Academia do Bacalhau de Perth sob autorizaçao do Dr. Manuel Luciano da Silva.

sábado, 6 de agosto de 2011

Porque o nome Academia?

A palavra Academia é derivada do grego. Foi o celebre filósofo Platão que tinha uma Escola de Filosofia em Atenas, há 2400 anos, e as aulas eram dadas num jardim chamado 'Academus'. 
Não havia sala, nem bancos. Os alunos caminhavam à volta do jardim e ouviam e faziam perguntas ao Mestre. Os alunos chamavam-se peripatéticos,  que quer dizer que caminhavam à volta do jardim 'Academus'. 
É deste nome  'Academus' que derivam todas as Academias: Academia Musical, Academia Científica, etc. e agora a Academia do Bacalhau. 
O nome de Academia do Bacalhau nasceu numa das reuniões mensais,  em Johannesburg, na África do Sul, em 1968.
Na altura da ceia encontrava-se um antigo estudante da Universidade do Porto que tinha pertencido à Tuna Académica e na brincadeira  sugeriu o nome de Academia do Bacalhau. Toda a gente achou graça  e o baptismo ficou. 
Ainda hoje as pessoas acham graça chamar-se à nossa organização Academia do  Bacalhau, mas quando ficam informados das qualidades maravilhosas do bacalhau  como alimento e dos objectivos da nossa Associação,  verificam que não se trata de nenhuma brincadeira ... mas sim duma organização  muito  séria com fins culturais, sociais e históricos.  
Academia Mãe, Johannesburg, África do Sul
Presidente Nelson Reis,
P. O. Box 53029
Troyeville, 2139, South Africa





Publicado originalmente no site da Academia de Bacalhau de Nova Inglaterra, com permissao do Dr Manuel Luciano da Silva 

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Gavião do Penacho

Várias vezes durante a refeição toda a gente que faz parte da ceia de bacalhau, levanta-se e com seu copo com vinho tinto,  canta em coro o seguinte ritual:
Gavião do Penacho 
De bico p’ra cima
De bico p’ra baixo!
Mais acima, mais abaixo
Vai ao centro ..e 
Mete p’ra dentro!

 É um exercício que faz bem, porque se esticam as pernas e as pessoas riem-se!....

Artigo extraido do site da Academia do Bacalhau de Nova Inglaterra, com permissao do Dr Manuel Luciano da Silva         http://www.academyofcodfish.com 

terça-feira, 28 de junho de 2011

1º Jantar de Convívio da Academia

Realizou-se no dia 24 Junho 2011, o primeiro jantar de convívio da Academia do Bacalhau de Perth, no Café Round House em Fremantle, que contou com a participaçao de 40 compadres e comadres.
Foi servido o habitual prato de bacalhau e houve bastante animaçao, tendo a Carrasco Mª de Jesus Farate aplicado diversas multas no decorrer do jantar.



Convite do 1º Convívio


sábado, 25 de junho de 2011

INAUGURAÇAO DA ACADEMIA DO BACALHAU DE PERTH

No Sábado, 5 Março 2011, foi inaugurada na cidade de Perth a 53ª Academia do Bacalhau, sendo a primeira Academia do Bacalhau na Austrália.
Estiveram presentes na sua inauguraçao o Presidente da Academia de Johannesburgo, o compadre Nelson Reis, assim como os representantes da Academia de Pretória e da Madeira, os compadres Ramiro Jorge e António Sales.
Também nos honraram com a sua visita o Senhor Consul Geral de Portugal em Sydney, Dr.Simeão Pinto de Mesquita e o compadre Agostinho Rodrigues, que se deslocou da África do Sul em visita particular.


O Sr José Augusto Madeira, actual Consul-honorário em Perth, foi investido como Presidente da Academia do Bacalhau em Perth.
Sr Madeira discursando na inauguraçao

O Sr Madeira há anos que vinha lutando para formar esta Academia na sua cidade, tendo já participado em alguns congressos noutros países, nomeadamente na reuniao internacional das Academias do Bacalhau em Paris em Outubro 2010.

A cerimónia foi realisada no salao de festas do Clube Portugues em Fremantle.
A RTP Internacional filmou uma reportagem do evento para posterior transmissao. O evento foi abrilhantado pelos artistas de Sydney - Tony Latino (vocalista e viola), Manuel Iria (guitarra Portuguesa) e o fadista Ricardo Silva.


Foi nessa noite também celebrado o 60º ano da chegada dos primeiros emigrantes Madeirenses à cidade de Perth.
No Domingo dia 6, houve um almoço no mesmo local, abrilhantado pelo Quarteto Joao Balula Cid, que toca a bordo do navio Athena que esteve de visita a Fremantle nesse fim de semana.
  
     

Definição da Academia do Bacalhau:



Segundo os "Princípios e Objectivos da Academia", que foram feitos para a Academia Mãe e que foram depois adoptados por todas as outras Tertúlias que sucessivamente se foram criando, a definição de Academia do Bacalhau é a seguinte: 

"Tertúlia de amigos, que se reúne sem finalidades políticas, religiosas ou comerciais." 

Na Academia Mãe sempre se praticou assistência, começando-se logo nos seus primeiros tempos de existência, e o dinheiro, quando necessário, aparecia em cima da mesa dos almoços, contribuindo cada um com o que quisesse e pudesse. 

Ninguém olhava ao que o vizinho dava e o importante era conseguir-se o montante necessário para que, por exemplo, pudesse ser feita a necessária intervenção cirúrgica, se ajudasse uma família carente ou se acudisse a qualquer outro caso imperioso. 

Daqui nasceu o movimento das Academias do Bacalhau, que é hoje constituído por cerca de 50 Tertúlias espalhadas pelos quatro cantos do mundo e todas elas ligadas pelos mesmos princípios de amizade e solidariedade. 

Todas elas apoiam uma ou mais obras de beneficência, desde instituições para a promoção da cultura e língua portuguesa, casas para idosos ou lares da terceira idade, instituições de meninos da rua, etc., etc... 

Realizam-se todos os anos Congressos das Academias do Bacalhau, em sistema rotativo, e por ordem de antiguidade e continentes onde estão localizadas as tertúlias. 

Os congressos são importantes para promover –

a) Comunicação e boa amizade entre as academias e os compadres,
b) Rever os progressos de corrente e futuros projectos das várias academias e os compadres,
c) Rever e aprovar propostas para a abertura de novas academias, e
d) Actualizar as normas das academias.